As maiores corridas off road que já aconteceram no Brasil

As maiores corridas off road que já aconteceram no Brasil

O território brasileiro é um solo fértil para os amantes de corridas off road. O país já foi palco, e ainda é, de algumas competições marcantes para diversas modalidades do motociclismo mundial. Do Rally, ao Enduro Extremo, pilotos profissionais e amadores cruzam o país para enfrentar desafios em diversos tipos de temperatura, solo e exigência física, em trilhas com uma variedade de condições que representam um pouquinho da riqueza natural do Brasil.

As maiores corridas off road

Bananalama

O “Bananalama” não é exatamente uma competição. Trilheiros de todo o Brasil se reúnem na cidade de Corupá, interior de Santa Catarina, para participar de uma prova divertida e fazer uma viagem pelo interior do Brasil. Em clima de festa, alguns participantes cruzam as trilhas com fantasias diferentes e engraçadas. A prova é considerada ‘o maior encontro de trilheiros’ do mundo. Em 2019 o Super Bananalama reuniu nada menos que 5.031 participantes, quebrando o próprio recorde mundial de trilheiros disputando uma corrida. Os amantes do offroad que disputam a corrida são divididos em categorias: motos, quadriciclos e UTVs. 

Rally Cerapió

O Rally Piocerá ou Cerapió é uma das principais competições de Regularidade da América Latina, que acontece anualmente e tem duração de quatro a sete dias (dependendo da edição) sendo realizada entre os estados do Ceará e do Piauí. É um dos principais eventos que reúne as tribos de motos, carros 4×4, quadriciclos, Utvs e bikes, uns competindo e outros sem pressa, aproveitando a experiência de linda paisagens e momentos marcantes com amigos e família. A corrida tem mais de três décadas de história e já atraiu mais de 15 mil pilotos de diversas nações do planeta que buscaram o desafio ou a realização pessoal. Os participantes cruzam trilhas do Ceará rumo ao Piauí (CERAPIÓ) e no ano seguinte a prova realiza o trajeto inverso (PIOCERÁ).

Enduro Independência

O Enduro da Independência nasceu em 1983, para recriar a última viagem de Dom Pedro I do Rio de Janeiro a Vila Rica, futura cidade de Ouro Preto no ano de 1822, em roteiro que ficaria conhecido como caminho novo da Estrada Real, pouco antes da proclamação da Independência com o famoso grito do Ipiranga, em 7 de setembro de 1822.
O percurso do Enduro de Regularidade foi sendo adaptado em função da logística de organização, que cresceu muito com o passar das edições. A corrida tem diversas categorias divididas por idade e mérito. Em 2022 o Enduro Independência completará 40 anos de existência com a proposta de se manter como uma dos mais tradicionais desafios do off-road, preservando sempre o espírito cívico e de patriotismo inspirados pela independência.

Enduro Independência

Rally do Sertões

O Rally dos Sertões como diz o nome, é um Rally  que acontece anualmente e tem duração de dez dias. Normalmente, as quatro primeiras etapas são válidas para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. O nome do Rally é inspirado na obra literária de Guimarães Rosa, Grande Sertão: Veredas, à Coluna Prestes e à Virgulino Ferreira, o “Lampião”.
O Rally dos Sertões, que em breve completará 3 décadas de existência (2022), é dividido em categorias (motos, quadriciclos, UTVs, carros e caminhões) e subcategorias . Quatro estados se destacam como os que mais receberam competidores do Rally: Minas Gerais, Bahia, Tocantins e Goiás. O último sediou a largada da prova mais de 15 vezes. Em 2009 a prova ganhou o Environmental Awards pelo conceito ser uma competição que promove a conscientização e a preservação do meio ambiente. 

Vita Racing Hard Enduro

Uma corrida de Hard Enduro no interior de Tocantins que nasceu do sonho de dois apaixonados por grande etapas do circuito mundial de enduro extremo e que ano após anos vem crescendo em número de participantes. O Vita Racing Hard Enduro, que em 2020 irá completar cinco anos de existência, se consolidou no calendário nacional como uma prova ícone dos amantes do off road que buscam uma experiência internacional de corrida, com organização e trilhas dignas das melhores etapas do planeta.

A prova é dividida em dois dias: o primeiro dia apresenta um prólogo com obstáculos artificiais e inovadores (até chuva artificial). O dia de encerramento leva os pilotos para trilhas que com muito hard enduro separam o joio do trigo.

The Night Track

Um corrida de Hard Enduro que a cada edição inova no desafio de usar o período noturno como uma experiência para os pilotos que amam trilhas complicada. A etapa pertence ao calendário do Hard Enduro Brasil Series (HEBS), e ocorre a quatro anos na cidade de Morungaba, no interior de São Paulo. Em dois dias de disputa, o primeiro com um com prólogo de super enduro, e o segundo com trilhas de Hard em uma das regiões mais altas e bonitas do estado de São Paulo, o Night Track atrai pilotos de diversos lugares do país. A prova tem 5 categorias (Turismo, Iron, Bronze, Nacional, Silver e Gold) determinadas por mérito e qualidade do piloto. A prova é uma das mais inovadoras do país pois em cada edição elabora uma maneira diferenciada de incluir a experiência noturna dentro da competição.

Grande provas que já ocorreram no Brasil

Grande provas que já ocorreram no Brasil

Red Bull Minas Riders

O Red Bull Minas Riders foi uma etapa que ocorreu nos anos de 2016 e 2017 que inseriu o Brasil dentro do calendário mundial do Grand Slam de Hard Enduro. A prova cruzou trilhas de Belo Horizonte e região. Em média foram seis horas de competição por dia, em trilhas com longos trajetos de 70 a 200 km de distância. 

Em 2017 a corrida foi embargada pela justiça e não fechou com seu cronograma original. Mas os dois anos da edição internacional foram importantes para a sedimentação do Hard Enduro em território brasileiro, servindo de laboratório para pilotos e organizadores que viriam a construir o circuito brasileiro da modalidade que mais tarde se tornaria o Hard Enduro Brasil Series. 

Motocross das Nações

O ano de 1999 marcou a memória dos torcedores e dos fãs  que puderam assistir “em casa” o Motocross das Nações. A competição ocorreu na pista de Indaiatuba, a 90km da capital de São Paulo. O Motocross das Nações é uma competição entre países, parecida com as Olimpíadas. Cada nação leva seu time com os três melhores pilotos, e a soma dos resultados de cada membro do time dará a classificação final de seu país no resultado geral. Em 1999, a seleção brasileira foi representada por Cristiano Lopes, Paulo Stedile e Rafael Ramos.  Ricky Carmichael, pelos Estados Unidos, e Stefan Everts, pela Bélgica, foram alguns dos destaques da edição brasileira do MX das Nações.

Six Days Fortaleza

O ISDE (International Six Days Enduro) que ocorreu em 2003 na cidade de Fortaleza, foi um dos capítulos mais importantes para a evolução e história do Enduro Fim no Brasil. A prova é considerada a copa do mundo da modalidade, e é a competição mais antiga da FIM (Federação Internacional de Motociclismo). O evento atrai times de pilotos  de 32 nações que ao longo de uma semana desbravam longas trilhas que exigem habilidade e resistência física de atletas e motocicletas.

As corridas off road ganharam a atenção de praticantes e apaixonados pelo esporte em todo o país, e a cada ano que passa, os eventos reúnem mais e mais pessoas.

Quer continuar acompanhando as novidades e aprender mais sobre o off road? Leia nosso artigo Os melhores pilotos do off-road nacional – Enduro e Rally

Christian Camilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *