Conheça o incrível atleta Ripi Galileu

Conheça o incrível atleta Ripi Galileu

Precursor do Hard enduro, um dos melhores mecânicos, campeão de Enduro FIM e um dos nomes mais importantes para a construção do Hard Enduro Brasil Series. Este é Ripi Galileu, o mineiro de Barão de Cocais-MG,uma das vozes mais influentes do Hard Enduro e reconhecido no off road nacional por sua ética esportiva e grande visão para a modalidade.

A história de Ripi Galileu no off road se confunde um pouco com a de seu irmão mais novo, Rigor Rico (tri-campeão brasileiro de Hard Enduro). Inspirado pela paixão do pai pelas trilhas da cidade de Barão de Cocais, Ripi foi o primeiro dos irmãos a ousar vestir o equipamento, subir em uma moto e percorrer caminhos que se tornaram uma marca da família. 

A história de Ripi Galileu

A primeira moto de Ripi Galileu foi uma DT 200R, que ganhou aos 15 anos em 2002. Foi inclusive nessa moto que Rigor Rico, três anos mais novo, viria a começar sua história com as motocicletas.

O pai dos meninos, o  “Paulinho” (Paulo José de Oliveira), a princípio não apoiou a idéia de ver seus garotos acelerando em ambientes de competição apesar do talento que ambos demonstraram de maneira muito precoce andando pelas complicadas trilhas de Barão de Cocais. Mas a história mudaria radicalmente em 2006, quando Paulinho não só autorizou que seus filhos disputassem uma prova do Campeonato Mineiro de Enduro Fim, na cidade de Cocais (ao lado de Barão de Cocais), como também virou o chefe da equipe. Tanto Ripi, como Rigor impressionaram nessa primeira disputa: Ripi chegou em quinto lugar na categoria E2, e Rigor venceu a categoria estreante. Apesar dos pais ainda terem cautela, principalmente pelos riscos de um esporte a motor, a família nunca mais viria se afastar do ambiente de competição.

O papel de Paulinho, à frente da equipe, foi um tanto marcante para a personalidade dos filhos. Sua visão empresarial,  buscando um padrão internacional para a equipe que chefiava, acabou por dar uma estrutura e uma ética profissional para o time dos garotos.Esse papel de coordenação executiva, com tendas, cercas, relacionamento com marcas, e envolvimento em importante aspectos da mecânica das motos, inspirou bastante a personalidade de Ripi, e por isso não é coincidência que o atleta seja reconhecido como um dos melhores mecânicos do Hard Enduro, e uma voz influente na administração da carreira de Rigor Rico. 

Os irmãos tiveram uma trajetória vitoriosa no Enduro Fim. Alcançaram títulos no campeonato mineiro da modalidade e vitórias marcantes no circuito do campeonato brasileiro. Rigor ao se recordar dessa época, reconhece como foi importante a experiência, as lições, e o ambiente de disputa dos primeiros campeonato para os dois irmãos:

“Em Minas Gerais a gente dominava o Enduro Fim. Mas em 2010 e 2011 passamos uma dificuldade financeira e vendemos praticamente todas as nossas motos e só ficamos com a moto do Rigor (irmão mais novo). Eu corria com a moto dele e de um amigo que emprestava. Não corremos o campeonato todo, mas sempre que íamos nas provinhas nós dominávamos”

Em 2013 Ripi Galileu entrou em sua primeira equipe de montadora ao ser convidado para se juntar ao seu irmão Rígor Rico, no time da Gas Gas.

Transição para o Hard Enduro

Transição para o Hard Enduro

A primeira prova marcante de Hard Enduro na trajetória da carreira de Ripi Galileu foi o Minas Riders de 2016. Correndo na categoria Silver, sem saber muito sobre a modalidade (nunca tinha corrido uma etapa de Hard), o piloto enfrentou desafios que lembravam o tipo de dificuldade das trilhas de Barão de Cocais. Sem muita técnica, mas com o espírito aguerrido marcante de sua personalidade, Ripi chegou em segundo, logo atrás de seu irmão que ficou com a vitória na corrida de prestígio internacional.

Este mesmo ano marca o nascimento das primeiras etapas inspiradas na experiência do “Minas Riders. Ripi viria a ser o primeiro vencedor destas corridas, eventos  como o Night Track (Morungaba), King Of Jungle (Poços de Caldas) que hoje são referência no off road e estão no calendário do Hard Enduro Brasil Series (HEBS).

O papel de Ripi Galileu no nascimento de um Campeonato Brasileiro de Hard Enduro

Em 2017, Ripi e seu irmão Rigor uniram forças e disputaram o primeiro campeonato brasileiro de Hard Enduro correndo pela equipe Sherco. Atuando nos bastidores, Ripi foi uma voz influente para a construção do “Grand Slam Nacional” da modalidade, ajudando a construir parte do regulamento e principalmente ao dar luz a uma das corridas mais importantes do calendário brasileiro da modalidade, o Barão Maniacs. Prova que hoje é considerada pela comunidade amante do esporte, como ‘o berço’ desse estilo e dessa cultura esportiva de motos que desafiam montanhas,  abrindo caminhos para paisagens espetaculares. Neste ano, Ripi foi vice-campeão brasileiro na categoria Gold (elite) e ao lado dos track-managers do circuito e coordenação de Cristiano Tirado e Vincenzo Barbagallo, ajudou a consolidar o calendário e os fundamentos do primeiro campeonato nacional da modalidade.

Papel de liderança na carreira de Rigor Rico e a 3R Motos

O ano de transição da dupla de irmãos para o Hard Enduro, ocorre no mesmo período em que Ripi Galileu assume a frente no papel de liderança da administração da 3R Motos e coordenação executiva da carreira de Rigor Rico. O resultado deste seu empenho nos bastidores, inspirado pela mentalidade e visão empreendedora do pai, alça seu irmão Rigor Rico à uma evolução impressionante, criando o ambiente e dando o suporte para os três títulos brasileiros que o mineiro conquista em 2017, 2018 e 2019 (HEBS e Campeonato Brasileiro). A união da família e a dedicação para executar um trabalho em equipe, com um nível exemplar de profissionalismo, acabou influenciando rapidamente a cultura esportiva de uma modalidade, que apesar de nova no país, cresceu muito em quatro anos. Hoje jovens pilotos, cheios de talento, como Tiago Mergener, Marco Túlio e Gustavo Furlanetto, que um dia podem tomar o trono de Rigor Rico, tem um caminho dentro e fora das trilhas para seguir. Uma trilha que foi aberta com muita determinação e vitórias dentro e fora das competições. Ripi representa esse processo e o espírito cativante de união que existe dentro da família do Hard Enduro.

Quer acompanhar grandes nomes do esporte? Confira nosso artigo Conheça os atletas patrocinados pela BMS RACING

Christian Camilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *